Adriana Sansão

adrianasansao@fau.ufrj.br

Visão

O fazer arquitetônico vai muito além da solução de um programa de necessidades pela forma. Quem nunca entrou em um “edifício competente” sem sentir-se realmente envolvido pelo seu espaço? Considero a verdadeira arquitetura aquela que consegue provocar de alguma forma o usuário, seja pela emoção, pelo conforto ou pela surpresa. Baseado nesta filosofia, alguns aspectos gerais dirigem minha forma de proporcionar aos alunos o aprendizado do projeto. Em primeiro lugar, acredito que o ensino de projeto, de qualquer tema ou natureza, deve estar centrado no ser humano e nas particularidades da cidade contemporânea. Em oposição ao ser humano e à cidade do movimento moderno, idealizados e genéricos, a atualidade revela diferentes necessidades e contextos heterogêneos que devem estar no centro da preocupação e da formação dos novos arquitetos. Segundo, julgo que o ensino de projeto deve estar comprometido com a construção cultural, onde deve estar clara a importância da intenção projetual, e, consequentemente, da contribuição do estudante para a arquitetura contemporânea e para o desenvolvimento pleno do ser humano. Por último, e não menos urgente, considero que o professor deve ensinar as ferramentas para a projetação de qualquer tipo de edifício, provendo o estudante do discernimento necessário para avaliar o caráter e importância de cada tema para a cidade. Isto se refere ao caráter coletivo ou individual das edificações, aos acessos, ao espaço interior, às relações de propriedade, aos usos, ao caráter de espaço público ou privado, às questões de meio ambiente e sustentabilidade, entre outras. Portanto, é importante fornecer ao estudantes elementos que aspirem a certo grau de universalidade para o projeto arquitetônico.

Disciplinas

Projeto de Arquitetura II  | 2012 – atualmente
Ateliê Integrado I |2012 – atualmente
Arquiteturas (in)Úteis: intervenção temporária, geração e fabricação digital | 2017 – atualmente.

Bio

Sou Arquiteta e Urbanista (1995), Mestre (2004) e Doutora em Urbanismo (2011) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, com Estágio Doutoral na Escuela Técnica Superior de Arquitectura de Barcelona – ETSAB/UPC (2008-2009), na Espanha. Professora Adjunta da FAU/UFRJ e Docente do Programa de Pós graduação em Urbanismo – PROURB-FAU/UFRJ, onde atuo no Mestrado Acadêmico em Urbanismo e no Mestrado Profissional em Arquitetura Paisagística. Coordeno o Laboratório de Intervenções Temporárias e Urbanismo Tático (LabIT), que conta com auxílio financeiro da FAPERJ e CNPq, e atualmente sou Coordenadora Geral do Ateliê Integrado 1 da FAU/UFRJ. Tenho experiência em Projetos de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase nas áreas habitacional e educacional, e em Projetos Urbanos. Sou autora do livro Intervenções temporárias, marcas permanentes. Apropriações, arte e festa na cidade contemporânea, editado pela Casa da Palavra, 2013, e organizadora da série de livros: Arquitetura Paisagística. Sou Jovem Cientista do Nosso Estado (FAPERJ) desde 2015.

Artigos

Artigos publicados em periódicos nacionais e internacionais, que podem ser acessados:

LabIT

Para conhecer o trabalho do LabIT, acesse:

Ateliê Integrado 1

Para conhecer o trabalho desenvolvido no Ateliê Integrado 1, acesse:

Série de livros Arquitetura Paisagística

Para conhecer a série de livros Arquitetura Paisagística:

GIFS AI 1 - Ateliê Integrado 1

Orientações de TFG

Trabalhos orientados premiados

Lucas Dias Abreu - Prêmio Arquisur Aroztegui 2016 - Jardins para a Cidade

Ana Moreno, Fernanda Lobianco, Gabrielle Rocha, Isadora Tebaldi e Ronaldo Lee - Menção Honrosa no Prêmio Arquiteto de Amanhã - IAB, 2017 - Pavilhão Tornado​